Atendimento 24 Horas

Atendimento Emergencial 24H

Garantia Todos Serviços

Localização Ponto Exato

Ligue 11-35541680

São Paulo SP

Inicio » Guia Completo de Como Tratar Infiltrações em Lajes e Paredes
Banner caça vazamento água

Guia Completo de Como Tratar Infiltrações em Lajes e Paredes

como tratar infiltrações em lajes e paredes

Pingou algo em sua cabeça? Olha para cima, é uma infiltração em laje que se tornou em uma rachadura e agora coloca a estrutura do teto e telhado em risco. E as paredes como estão? Manchadas, úmidas e escuras com mofo? Cuidado! 

Não adianta, infiltrações nas paredes e laje tem que ser combatidas o mais rápido possível, pois quanto mais vamos deixando, pior ficam e envolvem riscos de todos os tipos, além de encarecer o conserto conforme o tempo passa. 

Para se livrar desse problema, é preciso saber como combatê-lo e quais os recursos e ferramentas utilizar, além dos profissionais envolvidos. Neste artigo, preparamos um Guia completo de como tratar infiltrações em lajes e paredes e acabar com todos os riscos a sua saúde e seu bem-estar. Confere aí!

O que gera infiltração na laje?

O que gera infiltração na laje

E antes de saber como tratar infiltrações, é preciso entender o que é este problema de fato. Infiltração é todo tipo de penetração de algum tipo de líquido em algo sólido. No caso de lajes e paredes, a infiltração acontece quando, geralmente, a água da chuva penetra na estrutura de concreto e ferro e começa a umedecê-la.

O problema é que esta umidade em uma estrutura porosa como o cimento armado, pode enfraquecer e corroê-la aos poucos, esfarelando e abrindo rachaduras, que com o tempo podem se tornar cada vez maiores até a queda da estrutura. 

O ferro que ajuda a sustentar lajes e paredes, apodrece com a oxidação causada pela umidade, enfraquecendo a estrutura, e quanto maior for o problema, maiores os riscos para a laje. 

O que fazer quando a parede está com infiltração?

O que fazer quando a parede está com infiltração

Agora, outro problema comum é a parede com infiltração, e essa situação pode ser a causa de chuvas fortes que batem contra ela e a umidade se intensifica por dias ou a infiltração é causada por algum vazamento de encanamento de esgoto ou água limpa.

Paredes de banheiros, cozinhas e áreas de serviço, são muito comuns na ocorrência desse problema, por conta das tubulações de água. Quando algum destes canos sofrem uma fissura, por menor que seja, pode condicionar em um vazamento que gera infiltração e umidade excessiva no local.

E quando a parede está com infiltração, é preciso aderir algumas ideias para combater o problema, como por exemplo:

  • Cobertura maior das laterais do telhado- Aumentar a lateral do telhado, pode ser uma opção para diminuir a ação da chuva sobre uma parede específica que é mais exposta;
  • Uso de impermeabilizantes- Os impermeabilizantes são produtos que quando aplicados no local que possui infiltrações, consegue amenizar e impedir que a água penetre na estrutura;
  • Revestimento na parede- O uso de pedras e revestimentos como azulejos é uma opção a longo prazo para diminuir a ação da chuva nas paredes;
  • Analisar se não existem vazamentos- Se a parede passa tubulações de água, é importante analisar um possível vazamento. 

Muitas destas infiltrações não são fáceis de identificar, pois quanto menor, mais difícil de localizar, já que outros canos podem ser acometidos e muitos vazamentos geram umidade extensa e visível em outros pontos. Mas como achar uma infiltração? Veja a seguir. 

Como achar uma infiltração?

Como achar uma infiltração

Infiltração na laje e parede dão alguns sinais que muitas vezes são quase imperceptíveis. Veja quais são eles:

  • Umidade- A umidade é a água que infiltra e demora para secar. No caso de umidade por chuva, a parede ou laje pode levar alguns dias, mas secará, porém quando o problema é um vazamento, a umidade persiste até que seja consertado;
  • Trincas e rachaduras- Conforme o tempo passa, a umidade e infiltração tendem a desgastar a estrutura, ao ponto de abrir trincas e por fim rachaduras que se não consertadas, podem provocar a queda da laje ou da parede;
  • Queda de reboco e tinta da parede e do teto- Quando a umidade é excessiva, reboco fica amolecido e cai, assim como a tinta das paredes e do teto, que criam bolsões de ar e rompem causando a queda do acabamento;
  • Queda de pisos e rejuntes- Dos pisos e rejuntes em banheiros e cozinhas, assim como áreas de serviço revestidas, começam a se desprender da parede úmida e indo a queda;
  • Manchas- As manchas começam amareladas e vão escurecendo, conforme o problema se agrava;
  • Mofo- O mofo é outro fator comum em infiltrações e umidade. O mofo são manchas e a proliferação de fungos que em contato com o ar, podem causar doenças respiratórias ou agravá-las. 

Estes são alguns sinais de infiltração, mas em vazamentos ocultos, o problema pode não ser fácil de identificar. As infiltrações são causadores de problemas sérios que devem receber atenção especial e corrigidos. Dê uma olhada nos principais problemas causados por infiltrações no próximo tópico.

Quais os problemas causados pela infiltração?

E dentre os problemas causados pelas infiltrações, eis a lista de dores de cabeça e riscos que podem estar envolvidos:

  • Teto e Paredes manchadas- As manchas na parede se dão por conta da umidade excessiva, e quanto mais tento o problema é protelado, mais as manchas ficam escuras e aumentando de tamanho, já que as trincas e rachaduras aparecem com mais intensidade;
  • Cheiro ruim e forte de mofo- O cheiro de mofo pode ser sentido facilmente em ambientes com infiltração e umidade. Se o local tem pouca luminosidade e ventilação, o cheiro pode ser ainda mais forte;
  • Paredes e tetos comprometidos esteticamente- Apesar da estrutura ser comprometida, esteticamente as paredes e tetos manchados e com queda na tinta ou reboco e revestimento, deixam o ambiente feio e desarmonioso com o restante da casa. 
  • Perigo de queda da estrutura- Em 2019, um jovem de 17 anos morreu com a queda de uma marquise de um prédio em São Paulo. Laudos comprovaram que havia infiltrações antigas na marquise. 

Em uma ocorrência mais recente, em 2020 em Vitória, capital do Espírito Santo, a marquise de um imóvel feriu um camelô e foi comprovada infiltrações na estrutura. Em ambos os casos é possível perceber como as infiltrações podem ser perigosos e altamente fatais; 

  • Doenças respiratórias- O mofo pode causar doenças respiratórias como rinites, sinusites e agravar asmas e pneumonias, levando a casos mais graves e até a morte. 

Diante de tantas situações sérias que as infiltrações oferecem, é preciso tomar atitudes que mudem essa realidade, e isso começa com a identificação da infiltração, a localização exata do problema e o conserto ou a busca de soluções para combatê-la. 

O que fazer para acabar com a infiltração na laje?

A infiltração na laje acontece por conta de uma fissura como uma trinca que aumenta e se torna em uma rachadura, sendo um risco de umidade, infiltrações e goteiras, além da própria estrutura ficar mais suscetível a quedas. 

A infiltração na laje é um problema que pode ser contornado e corrigido por profissional qualificado. Veja algumas dicas e serviços mais comuns:

  • Análise da laje- O profissional indicado para o conserto em lajes é o Caça Vazamentos, pois além de qualificação e conhecimento, ainda é experiente e domina o uso de aparelhos que identificam vazamentos e umidade com mais facilidade e rapidez, agilizando o serviço. 
  • Revestimento da laje com piso- O revestimento da laje com piso é uma forma de evitar infiltrações. Consiste na aplicação de revestimentos cerâmicos e a utilização de rejunte que dá o acabamento. Apesar de uma boa alternativa, não é barato e mesmo assim é vital o uso de impermeabilizantes líquidos sobre o piso para evitar seu desgaste e consequentemente a infiltração da água no futuro;
  • Cobertura de telha ou estrutura que diminua a ação das intempéries- Cobrir uma laje com telhas, principalmente quando é o último patamar de um imóvel, deve haver sempre a manutenção com a troca das telhas, já que com o tempo elas ressecam e racham, isso quando não quebram pela ação de ventos fortes e granizo;
  • Uso de produtos impermeabilizantes- Os impermeabilizantes são uma das melhores alternativas para solução de infiltrações em lajes. Consistem em produtos químicos que protegem as estruturas da água e infiltrações. Mas para fazer a aplicação correta, é preciso primeiro tratar a infiltração, fechar a rachadura e depois fazer a aplicação do produto, garantindo que não voltará o problema. 

Impermeabilizantes são usados em livre escala em lajes, mas também são indicados para paredes. Dê uma olhada no custo e os tipos de impermeabilizantes, para saber o mais indicado para você. 

 Quanto custa para impermeabilizar uma laje?

Quanto custa para impermeabilizar uma laje

Ao ser identificado uma infiltração em uma laje, é hora de saber qual o tipo de impermeabilizante mais indicado, desde que já tenha sido efetuado o conserto na laje como a correção de trincas e rachaduras, para então saber o custo deste serviço. A escolha do impermeabilizante será fundamental para determinar a qualidade do serviço. Veja os tipos de impermeabilizantes mais usados no mercado:

  • Impermeabilização Rígida

A impermeabilização rígida é indicada para áreas onde existe a expansão e contração dos materiais e da própria estrutura, causada principalmente pelas intempéries como sol e chuva. Piscinas, reservatórios, baldrames e silos são alguns dos locais em que a impermeabilização rígida é indicada.

  • Impermeabilização Flexível

Os impermeabilizantes flexíveis são indicados para locais que sofram com a dilatação térmica, ou seja, se expandem por conta do calor e da umidade. Os locais que recebem esse tipo de impermeabilizante são as lajes, terraços, piscinas expostas e elevadas e varandas. 

Como estamos falando de lajes e paredes expostas, então a impermeabilização mais indicada é a flexível, mas é preciso saber a marca e o tipo de produto que dará melhores resultados:

Manta Asfáltica- Através de rolos asfálticos, a manta possui fácil instalação e boa durabilidade, e por ser barata e ter boa eficiência, é das mais usadas em telhados e lajes no Brasil;

Emulsão Acrílica- A emulsão Acrílica é um produto a base de poliéster flexível que deve ser aplicada várias vezes como se fosse uma tinta, até garantir boa cobertura de aplicação e barreira impermeabilizante. Indicado para áreas completamente expostas e sem tráfego de pessoas ou automóveis;

Silicone e resina- O silicone e a resina são dos impermeabilizantes mais modernos do mercado. O silicone possui aplicação fácil e indicado para locais de difícil acesso. Já a resina, conhecida também como resina epóxi, forma uma camada fina, mas bem resistente que adere ao concreto e bom para ser aplicado em locais com revestimentos e que precisam de limpeza constante;

Aditivados- Os impermeabilizantes aditivos são produtos químicos líquidos ou em pó, que são adicionados na argamassa e formam cristais que se fundem a estrutura quando aplicados e formam pequenas barreiras eficientes para excluir a umidade. Um exemplo de aditivo é o Rebotec, um impermeabilizante com ótimo custo-benefício, com bom resultado e cobertura. 

Para consertar uma trinca na laje, é preciso contratar um pedreiro e este fará a abertura da trinca e limpá-la retirando todos os resíduos. Depois, o profissional fará furos nas duas pontas da trinca com uma broca específica e com profundidade mínima de 20 mm e isso será para evitar que a trinca continue abrindo.

Com a trinca limpa, ele aplicará cimento com aditivo impermeabilizante e colocará uma fita telada que dará mais sustentabilidade ao produto aplicado no local e pode ser feita a demão até 3 vezes mais, dependendo da gravidade da trinca ou rachadura na laje.   

O uso dos outros impermeabilizantes flexíveis, pode ser uma maneira de garantir que a laje fique ainda mais reforçada e segura, mas é preciso que o conserto esteja completamente seco e concluído, para aplicação destes outros produtos. 

O custo médio de uma aplicação de impermeabilizante como a manta asfáltica, já contando a mão de obra, gira em torno de R$ 55,00 a R$ 60,00 o metro quadrado. Já a resina epóxi tem custo médio de 40 metros quadrados. A duração média do poder de impermeabilização é de 2 a 3 anos e necessitará sempre de manutenção para que continue garantindo cobertura total contra infiltrações. 

O que fazer para acabar com a umidade da parede?

Nas paredes, os produtos citados de impermeabilização podem ser aplicados, especificamente os flexíveis e acabar com a umidade da parede. Nas paredes, a impermeabilização pode ser feita com produtos que possuam anti fungos, pois isto evita que, principalmente em locais com pouca ventilação e luminosidade, eles possam proliferar. 

Os impermeabilizantes flexíveis para paredes, podem ser aplicados antes da pintura ou colocação de revestimentos. Em geral, estes produtos são de fácil aplicação, sem a necessidade de um profissional qualificado, mas o indicado é que seja feita por um, já que se o local possui muitas intempéries diretas na parede, será necessária a manutenção regular tanto na parte externa como interna.

Comments are closed.
OrçamentoLigue Agora
+ +
Dúvidas
Orçamento?
Tire Suas Dúvidas Via WhatsApp